Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Correção de exercícios 9º ano Japão e Oceania

Atividade 44

01 - F,V,F,V
02 - Nos séculos XVI e XVII, os japoneses passaram a ter contato com os povos ocidentais através da entrada das missões católicas no Japão, principalmente dos jesuítas. No início do século XVII, ocorreu uma revolta camponesa contra o governo de Tokugawa que, em represália,baniu o cristianismo e proibiu a entrada de estrangeiros no Japão, que eram suspeitos de inspirar as revoltas dos dissidentes políticos.Essa proibição não atingiu holandeses e chineses.

03 - A era Meiji (1868-1912) foi de fundamental importância, porque foi o período de modernização
do Japão. O agente indutor do processo de modernização/industrialização foi o Estado. país emergiu como potência já no início do século XX. Nesse período, o Estado abriu o país ao exterior, investiu em educação e em infra-estrutura necessária para a industrialização, abriu as primeiras fábricas, que, com o tempo,
foram vendidas aos clãs mais poderosos do país, investiu na sua capacitação bélica (armamentos)
etc.
04 - Zaibatsu são grandes monopólios familiares, onde se concentram indústrias e bancos, que passaram a constituir a base econômica do Japão.
05 - As características da cultura política e econômica do confucionismo são: autodisciplina, dever, perseverança, cooperação, consenso e harmonia.
06 - Em 1970, chineses e japoneses reataram relaçõesdiplomáticas, na mesma época em que a China se aproximava dos Estados Unidos. China e Japão são potências regionais rivais porque disputam a hegemonia geopolítica e econômica na região da Ásia-Pacífico.
Portanto, China e Japão são potências rivais por competirem entre si, mas não inimigos como foram no passado.

07 - B,B, A, A

08 - No setor político-administrativo, ocorreu a centralização de poder, resultando na perda de poder dos shoguns (senhores de terras). A constituição foi promulgada, pondo fim ao feudalismo
e à casta dos samurais. Houve a transferência da capital de Kyoto para Tóquio e o ensino primário tornou-se obrigatório.
Na economia, ocorreu a abertura do Japão ao mercado externo. Ocorreram também a construção de estradas de ferro e a criação da imprensa e dos serviços postais.
O poder militar foi estruturado em modelos estrangeiros (ingleses e franceses).
A geopolítica consolidou a área de influência do Japão na Ásia, no início dos anos 1870, após o fortalecimento do poder militar.
09 - Essas características foram o militarismo e o nacionalismo.

Atividade 45

01 - Dentre os fatores que contribuíram para a reestruturação econômica do Japão, foram fundamentais a ajuda financeira dos Estados Unidos, com o plano Colombo, e os grandes investimentos em educação, que resultaram na formação de uma classe trabalhadora qualificada e eficiente; houve também grande investimento em pesquisa e infra-estrutura.
Obs.: o plano Colombo representou para o Japão o que o plano Marshall significou para a reconstrução dos países europeus ocidentais.

02 - Essa mudança de relacionamento foi determinada principalmente pela expansão do socialismo
na Ásia, gerando os conflitos da Guerra Fria. Em 1949, a China tornou-se socialista e, paralelamente, foi formado um novo país capitalista na ilha de Formosa, apoiado pelos Estados Unidos (atual Taiwan). Logo depois, ocorreu a guerra da Coréia, onde os Estados Unidos apoiaram o sul, e a ex-URSS e a China apoiaram o norte. Assim, o Japão passou a ser defendido pelos Estados Unidos, marcando a sua superioridade na Ásia e no Pacífico. O Japão aliou-se aos Estados Unidos para barrar o socialismo na Ásia. Coréia do Sul e Taiwan também se alinharam à superpotência capitalista.

03 - Alternativa A
04 - Ela proibia a intervenção externa do exército japonês, transformando-o em força de autodefesa;
a liberdade religiosa também foi garantida, com a separação entre Estado e religião. O xintoísmo deixou de ser religião oficial.
05 - Grande disponibilidade de mão-de-obra barata, disciplinada e qualificada; grandes investimentos
juntamente com a iniciativa privada, em educação, em pesquisa e tecnologia; reconstrução dos antigos zaibatsu, modernizando-os; permanência de um forte nacionalismo; influência confucionista e investimentos em exportações, principalmente para os Estados Unidos.

Atividade 46

01 - As principais concentrações industriais aparecem no eixo da megalópole japonesa, principalmente no sudeste da ilha de Honshu (Tóquio – Nagoya – Kyoto – Osaka). A região de e Osaka, juntas, concentram cerca de 56% da produção industrial do país.
02 - a) A maior parte do relevo do Japão é montanhosa e pequena parte é de planícies. As áreas industriais estão localizadas nas planícies, principalmente naquelas próximas do litoral.
b) É o transporte marítimo, realizado por navios, pois o Japão é um arquipélago.
c) Não, o Japão é pobre em recursos naturais. Ele importa grande quantidade de minérios, petróleo, carvão e outros produtos primários. Suas exportações são compostas de produtos manufaturados (eletrônicos, automóveis etc.).
03 - Como o Japão está associado às principais empresas mundiais de extração de minérios, inclusive
ao projeto Carajás (no Brasil), grande parte da produção de ferro vai para as siderúrgicas japonesas.

04 - Para obtenção da energia nuclear, o Japão importa grande quantidade de mineral radioativo. Esse mineral é transportado por navios, que podem sofrer acidentes em seu percurso, o que seria catastrófico. Por isso, a comunidade internacional alerta para o risco que essa situação pode trazer para o ambiente.

05 - A economia japonesa é dependente dos mercados externos porque necessita de recursos minerais, como petróleo, minério de ferro e carvão mineral, e de gêneros agrícolas, pois apenas uma pequena parte de seu território pode ser aproveitada para a agricultura. Também é dependente porque parte de sua produção
industrial é destinada à exportação.

06 - Como o relevo predominante no país é montanhoso e coberto por florestas, as áreas que apresentam essas características são preservadas. Com o crescimento das cidades, localizadas nas planícies, está havendo uma redução do espaço para a agricultura. As terras agrícolas estão sendo compradas pelos habitantes das cidades para a ampliação do espaço urbano.

07 - Sobre as diversas particularidades da geografia física do Japão, assinale com um X as afirmações corretas.
(X)É formado por um arquipélago com mais de 3 mil ilhas, sendo as quatro maiores denominadas
Honshu (a maior), Hokkaido (norte de Honshu), Shikoku e Kyushu.
( X )Existem muitas montanhas, sendo que um grande número delas é de formação vulcânica.
(  ) As montanhas do Japão são raras, porém muito elevadas.
( X )As planícies são, em geral, litorâneas e nelas se concentram grandes cidades.
(  X )O Japão depende do mar como fonte de alimentos e para o comércio internacional.

08 - Essa reorganização ocorreu em virtude da mão-de-obra barata e abundante e, principalmente,
porque o Japão começou a ser malvisto nos mercados da Europa e da América pela excessiva exportação de seus produtos, o que levou as empresas dos países compradores à falência. Assim, as empresas japonesas passaram a produzir e a exportar, em outros países.

Atividade 47
01 - a) V b) V c) F d) V  e) F  f) V
02 - a) Japão.
b) A robotização e a automação elevaram a produtividade e a competitividade, superando a dos Estados Unidos.

03 - São verdadeiras B, C ,E
04 - B,A, A, B
05) A)F; B)I; c) F; d) I; e) I; f) F

Atividade 48
01 -  O Japão é, em razão da escassez de seus recursos, um grande importador de matérias-primas agrícolas, minerais e fósseis, de energia e alimentos que, em geral, são baratos. Muitos desses produtos primários agregam capitais, tecnologia sofisticada, mão-de-obra qualificada e bem remunerada, produzindo bens de capital e de consumo que são exportados em grande escala por preços relativamente maiores, permitindo, assim, a obtenção de vantagens no comércio externo. Japão exporta automóveis, produtos eletrônicos, navios, relógios, motocicletas etc.

02 - O grande problema é que esse modelo está voltado para a exportação e, praticamente, não há perspectivas de um contínuo crescimento das exportações japonesas, como o ocorrido nas décadas de 1970 e 1980, porque os demais países do mundo já não aceitam que um país (Japão) exporte muito e importe pouco. crescimento econômico nos últimos anos tem sido bem inferior ao do período do "Milagre".

03 - Nos Estados Unidos, a cultura do consumo e do endividamento aumenta a competição, diminui
os preços, elimina as velhas empresas ultrapassadas e gera novas oportunidades de emprego. No Japão, ao contrário, há a cultura da poupança e a rigidez do mercado de trabalho.

04 - Até os anos 1980, os Tigres Asiáticos exportavam roupas, tecidos e brinquedos. A partir dessa data, os passaram a exportar automóveis, motocicletas, computadores, produtos eletrônicos e outras mercadorias básicas e tornaram-se competidores do Japão. Assim como os Tigres Asiáticos, a China também passou a ser outro competidor do Japão em virtude de sua mão-de-obra barata, qualificada, disciplinada, numerosa e de suas matérias-primas abundantes e com preço baixo. Com o recebimento de investimentos estrangeiros, a China passou a exportar produtos eletrônicos a preços baixos.

05 - Grande concentração populacional na megalópole Tóquio-Osaka; sindicatos de trabalhadores bastante fragilizados e vinculados às empresas; residências pequenas, com superlotação das casas; jornadas de trabalho longas e período curto de férias; discriminação contra os coreanos; segregação das minorias étnicas e culturais.
06 - ara sair da crise, o Japão tem estimulado a economia, incentivando os setores de alta tecnologia
e telecomunicações, da construção naval e da siderurgia. São desafios: a diminuição da dívida do Estado, fim do pessimismo e a maior proximidade com os países vizinhos, principalmente com a China. As privatizações e o incentivo ao consumo também são medidas adotadas.

Atividade 49
Oceania – Formação do continente
01 - a) Austrália e Nova Zelândia
b) Esse continente é banhado pelos oceanos Pacífico, ao norte, leste e sul, e Índico, a oeste.
c) São de origem vulcânica, chamadas pelos nativos de “ilhas altas”, e de origem coralígena, chamadas de “ilhas baixas”.
02 - Porque as suas terras estão entre a longitude 110° leste, na Austrália, e 110° oeste, na Ilha de Páscoa, sendo atravessada pela Linha Internacional de Mudança de Data (antimeridiano de Greenwich).
03 - a) C; b) C; c) F; d) C
04 - B, A, E, C, D
05 - A sua importância geopolítica decorre da sua posição geográfica (extremo leste da Ásia e a costa ocidental da América), sendo importantes as rotas marítimas que fazem pontos de escala nessas ilhas; amarração de cabos submarinos de comunicação e instalação de bases militares.

Atividade 50
Colonização e povoamento da Oceania
01 - Alternativa C
02 - Essa ocupação trouxe como conseqüências os inúmeros conflitos étnicos e sociais entre os grupos nativos que habitavam a região; a interferência violenta no processo cultural; a introdução de doenças para as quais os nativos não apresentavam defesas imunológicas; o uso do fumo e do álcool, das armas de fogo, da exploração sexual e da implantação das missões religiosas, acabando assim com a cultura nativa.

03 - D;A;B;C
04 - Recebe a denominação de Novíssimo Continente porque foi incorporada ao mundo ocidental
somente no século XVIII, depois do descobrimento da América (Novo Continente).
05 - Os povos nativos da Austrália e Nova Zelândia foram massacrados pelos europeus, principalmente
pelos britânicos, impondo assim as culturas de origem européia.

Atividade 51
Austrália e Nova Zelândia
01 - São consideradas nações ricas e desenvolvidas, porque, além de possuírem elevada renda per capita, apresentam ótimas condições sociais e garantem um bom nível de vida para suas populações.
02 - A industrialização australiana baseia-se na exploração de recursos minerais (minério de ferro, bauxita, chumbo, manganês, carvão mineral, urânio, gás natural etc.) e no beneficiamento de seus produtos agropecuários.As maiores concentrações industriais concentram-se em Sidney e Melbourne, no sudeste australiano.
03 - Na Nova Zelândia, a maior concentração da população (75% do total) ocorre na Ilha do Norte. As ilhas do Sul são pouco povoadas por causa do relevo elevado.
04 - As principais indústrias são a automobilística, a metalúrgica, a siderúrgica, a petroquímica e a química, localizadas na região sudeste.
05 - Alternativa C
06 - Alternativa A
07 - Esse afastamento é verdadeiro por dois motivos: a entrada da Inglaterra na União Européia, o que fez esse país preferir os parceiros europeus, e o grande crescimento econômico do Sudeste Asiático e do Extremo Oriente, ampliando a área de influência da economia asiática até a Oceania.
08 - Alternativa B
09 - Alternativa D
10 - Alternativa D

Nenhum comentário:

Postar um comentário